BEM VINDO AO GRUPO NOVA ESPERANÇA

BEM VINDO AO GRUPO NOVA ESPERANÇA

O "Nova Esperança" é um grupo de acção social e caritativa. É uma expressão pastoral da Paróquia da Baixa da Banheira. A força de acção que lhe dá vida é totalmente voluntária. Os seus elementos, de diferentes faixas etárias, com variadas categorias profissionais, completam o puzzle do "amor ao próximo" no encontro com múltiplas situações sociais, de dor humana, marginalidade, pobreza, desemprego, toxicodependência, de falta de habitação e de bens essenciais à vida.
O encontro dos elementos deste Grupo com aqueles que nos batem à porta, acontece num clima de vida, de uma nova esperança, de dignidade, tendo como pano de fundo o olhar terno e meigo de Deus.

NOVA ESPERANÇA RECOLHEU 4.800 Kg DE ALIMENTOS NA ÚLTIMA CAMPANHA DO BANCO ALIMENTAR


Na 29ª Campanha de recolha de alimentos, organizada pelo "Banco Alimentar Contra a Fome", em Novembro de 2014, os voluntários do "Grupo Nova Esperança" recolheram à porta dos 4 Supermercados, onde prestaram serviço, 4.800 Kg de alimentos. As quantidades recolhidas em cada Supermercado foram as seguintes.
  • Continente (Modelo) de Alhos Vedros - 2.100 Kg;
  • Mini Preço Parking da Baixa da Banheira - 1.300 Kg;
  • Mini Preço na Rua Padre José Feliciano da Baixa da Banheira - 600 Kg;
  • Lidl da Baixa da Banheira - 800 Kg.
Estes alimentos foram entregues no armazém do Banco Alimentar de Setúbal, para serem posteriormente distribuídos pelas várias instituições que apoiam as muitas famílias carenciadas do distrito.

UM SANTO E FELIZ NATAL

Ache essas e outras imagens no site ClickGrátis

O "Nova Esperança - Grupo de Apoio Fraterno", deseja a todos os benfeitores, amigos e a todas as famílias apoidadas por este grupo, um Santo e Feliz Natal!

NOVA ESPERANÇA NA 29ª CAMPANHA DO BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME



Foi no passado fim-de-semana, dias 29 e 30 de Novembro, que o "Nova Esperança - Grupo de Apoio Fraterno", se fez representar através dos seus valorosos voluntários, em mais uma campanha de recolha de alimentos, nos supermercados Modelo de Alhos Vedros, Lidl e nos dois Minipreço da Baixa da Banheira.

Queremos agradecer ao "Agrupamento de Escuteiros da Baixa da Banheira e a outras pessoas", que não pertencendo a este grupo, quiseram prestar-nos a sua ajuda em mais esta campanha, colaborando na recolha de alimentos em favor das famílias carenciadas.

Os alimentos foram transportados para os armazéns do "Banco Alimentar", onde mais tarde serão distribuídos pelas instituições que prestam o apoio às referidas famílias.

BEM HAJAM TODOS OS QUE PARTICIPARAM NESTA CAMPANHA COM O NOVA ESPERANÇA.

DÁDIVA E PARTILHA...

No próximo fim-de-semana, nos dias 29 e 30 de Novembro de 2014, o "Grupo Nova Esperança" irá colaborar com o "Banco Alimentar Contra a Fome", em mais uma campanha de recolha de alimentos, que posteriormente serão distribuídos pelas famílias carenciadas. Os voluntários deste grupo irão estar, como habitualmente, presentes nos seguintes supermercados:
  • Continente de Alhos Vedros;
  • Lidle da Baixa da Banheira;
  • Mini Preço Parking da Baixa da Banheira (Junto ao depósito da água);
  • Mini Preço da Rua Padre José Feliciano da Baixa da Banheira.
O Agrupamento de Escuteiros da Baixa da Banheira irá, como habitualmente, colaborar com o Grupo Nova Esperança nesta campanha.

AJUDE-NOS A AJUDAR, COLABORE GENEROSAMENTE, COM A SUA OFERTA, EM FAVOR DOS MAIS NECESSITADOS.

OBRIGADO!!!

"CLUBE DESPORTIVO E RECREATIVO RIBEIRINHO" VOLTA A AJUDAR O "GRUPO NOVA ESPERANÇA"


O "Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho da Baixa da Banheira", pelo terceiro ano consecutivo, organizou um evento desportivo em favor das famílias, carenciadas, apoiadas pelo "Grupo Nova Esperança"

Os alimentos recolhidos nesse evento desportivo foram entregues nas nossas instalações, na passada sexta-feira, dia 07-11-2014.

Em nome de todas as famílias por nós apoiadas, agradecemos o empenho do Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho, na angariação desses alimentos, que em breve serão entregues a algumas dessas famílias. 

Agradecemos a preciosa ajuda do Clube Desportivo e Recreativo Ribeirinho e de quantos participaram neste evento.

BEM HAJAM!!!

ISABEL RENDEIRO, PARTIU PARA O PAI!


"Isabel Rendeiro", antiga voluntária do "Grupo Nova Esperança", faleceu no passado dia 04 de Novembro de 2014. Foi uma voluntária, que prestou um bom trabalho em prol das famílias mais necessitadas, da nossa paróquia.

Queremos prestar, aqui, a nossa sentida Homenagem à Isabel, que sempre soube ser uma boa amiga de todos os voluntários e paroquianos.

OBRIGADO ISABEL, POR TERES SIDO TÃO BOA VOLUNTÁRIA E NOSSA AMIGA.

QUE DEUS TE TENHA SEMPRE EM SUA COMPANHIA!

BANCO ALIMENTAR: 10 MIL PESSOAS EM ESPERA SÓ EM SETÚBAL


O Banco Alimentar Contra Fome de Setúbal distribui alimentos para mais de 30.000 pessoas, mas há mais 10.000 em lista de espera e este número não para de aumentar, revelou à Lusa o presidente da instituição, António Alves.
«Não é um aumento exponencial, como tinha sido até há um ano atrás, mas tem havido algum aumento. Neste momento, temos entre 50 a 60 instituições em lista de espera, o que dá cerca de 10.000 pessoas», enumerou António Alves.
«Damos alimentos a cerca de 15.000 pessoas contratualizadas e a mais 15.000, para além dos contratos. Temos contratualizadas 145 instituições, a quem garantimos os alimentos todas as semanas, e mais algumas instituições que temos estado a apoiar de forma extraordinária, porque temos estado a receber produtos que não esperávamos, devido ao embargo decretado pelas autoridades russas», acrescentou António Alves.
Mas, apesar deste reforço inesperado de bens alimentares, graças ao embargo de produtos europeus por parte da Rússia, António Alves admitiu que o Banco Alimentar não consegue chegar a todas as pessoas que precisam de ajuda e reconhece que a pobreza continua a aumentar na região de Setúbal.
Uma opinião corroborada por Manuel Cardoso, coordenador do grupo sócio caritativo da Paróquia de São Brás, no Samouco, concelho de Alcochete, uma das muitas instituições de solidariedade social da região que ajudam centenas de famílias, com o apoio do Banco Alimentar Contra a Fome.
«No grupo sócio caritativo de São Brás servimos, neste momento, em frescos, 44 famílias, mas temos inscritas 66, que recebem cabazes de produtos secos. Esta ajuda do Banco Alimentar é uma dádiva para as famílias carenciadas», disse Manuel Cardoso.
Sinal de que se mantêm as dificuldades, o vaivém diário de viaturas de instituições de solidariedade social do distrito, é uma constante junto ao armazém do Banco Alimentar de Setúbal, instalado na zona de Vila Amélia, no concelho de Palmela.
Situado a poucos quilómetros da fábrica de automóveis da Autoeuropa, uma das empresas que mais contribui para a riqueza nacional e para o Produto Interno Bruto de Portugal, o Banco Alimentar procura minimizar os problemas dos mais carenciados.
«Nos armazéns de Vila Amélia, em Palmela, e de Vila Nova de Santo de André, em Santiago do Cacém, entregamos a instituições de todo o distrito mais de quatro mil toneladas de alimentos por ano, o que equivale a cerca de 5 milhões de euros», disse António Alves.
«Neste momento estamos a entregar 90 toneladas de frescos por semana, a que se juntam as 21 toneladas de peixe fresco que já foram distribuídas este ano, proveniente das lotas de Setúbal e Sines», acrescentou.